Meu namorado não gosta de tomar banho, como lidar com isso?

Ter hábitos de higiene é muito importante, alem de representar vaidade, representa saúde. Um dos sentidos responsáveis pela paixão é o olfato, sentir cheiro bom faz bem para o coração e para o cérebro. Em um relacionamento o cheiro é tudo, nada melhor do que sentir o cheiro da pessoa amada, porem quando esse cheiro não anda muito agradável pode trazer problemas para uma relação. Tomar banho é um hábito diário e muito agradável, não existe nada melhor do que sair de um banho se sentindo bem e limpo, porem existem pessoas que não são tão adeptas a isso.

Meu namorado não gosta de tomar banho, como lidar com isso?

Cuidado com o que vai falar

O problema é quando esse mau hábito afeta nos relacionamentos, afinal uma pessoa que não gosta de tomar banho é muito desagradável, mas com falar sobre esse assunto com a pessoa amada? A questão é um pouco delicada, afinal não é fácil falar para o companheiro que ele precisa tomar banho. Falar que a pessoa tem mau cheiro muitas vezes pode ser uma ofensa, é preciso ter cuidado ao tocar nesse assunto. No caso do casal a mulher precisa ter calma, pois certas palavras realmente podem ofender o parceiro.

Seja delicada ao falar sobre esse assuno com o parceiro

Como tratar esse assunto com o parceiro?

A primeira tentativa é estimular o banho, dar presentes como perfumes, sabonete cheirosos, um xampu diferente, pode estimular e até mesmo ajuda a pessoa a se tocar que esta na hora de passar uns minutinhos em baixo do chuveiro. Se mesmo dando presentes e tentando estimular os bons hábitos do parceiro não ajudou, está na hora de algo mais objetivo, a conversa. Pode parecer complicado, mas é o melhor a fazer, esclarecer e explicar que sem tomar banho é complicado, que a pessoa sendo mais vaidosa pode melhor muito a relação. Se mesmo abrindo o jogo não deu certo, está na hora de cair fora, afinal ter higiene e bons hábitos é fundamental em qualquer relação.

Com diálogo é possivel resolver o problema e ter um namorado cheiroso

9 Comments

  1. Marta 19 de dezembro de 2012
  2. Denise 23 de dezembro de 2012
  3. ana luiza 21 de agosto de 2013
  4. Emily 27 de novembro de 2013
  5. Joana 7 de março de 2014
    • Luciano 31 de março de 2014
    • Priscila 14 de abril de 2014
  6. Maria Lima 4 de janeiro de 2015
    • Margarete 23 de janeiro de 2015

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *